Archive | Janeiro 2009

Fusão – espactáculo no Casino de LISBOA

Integrado no evento Macau/China em Lisboa, organizado pela CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA LUSO CHINESA (CCIL-C), pelo OBSERVATÓRIO DA CHINA (OC) e pela UNIÃO DAS CIDADES CAPITAIS DE LÍNGUA PORTUGUESA (UCCLA), a SPHAERA MUNDI/ Museu do Mundo apresentou, no dia 1 de Outubro de 2009, no Casino de Lisboa, um espectáculo artístico e  cultural de fusão.

Veja o filme     https://www.youtube.com/watch?v=tYy5XWXW7SM

 

Cartaz Macau

A proposta foi abrir as portas da lusofonia e cruzar as várias linguagens comunicativas e artísticas – dança, musica, poesia, pintura: a participação da cantora e instrumentista chinesa Cao Bei, e a palavra de Graça Abreu, cruzaram-se com a musicalidade da caboverdiana Celina Pereira e da voz portuguesa do fado de Cristina Nobrega, neste encontro do mar que nos une, como refere Fernando Pessoa, neste mar que é amar e se manifestou na  poesia dita pelo Pedro Lamares que se fundiu no movimento oferecido pela companhia de dança profissional Amalgama  e da Yan Yan e no som da Ana Guimarães, da Alexandra e do Duxuan – símbolos deste património intangível.

A viagem foi conduzida pela sensibilidade estética da pintora Manuela Pimentel que nos ofereceu o azulejo enquanto ícon da materialidade que nos chegou e se expandiu com apontamentos de “outros Mundos”. Promover a diversidade cultural como património da Humanidade foi a proposta do Museu do Mundo, também neste espectáculo.

                                

Este slideshow necessita de JavaScript.

Direcção: Luisa Janeirinho

Imagem/Projecção: Manuela Pimentel
Imagem/Edição: Pedro Lamares
Organização: Museu do Mundo
Fotos: Ana Battaglia

Anúncios